quinta-feira, 1 de julho de 2021

FFP define formato de disputa e Série B do Piauiense 2021 terá 6 times

A FFP(Federação de Futebol do Piauí) fez nesta quinta(1) o arbitral que definiu o formato de disputa da Série B do Piauiense 2021. A competição será disputada por seis times: Caiçara, Comercial, Corissabá, Oeirense, Piauí e Timon.

Arbitral da Série B do Piauiense 2021

O formato de disputa da Série B será em pontos corridos, em dois turnos, os dois primeiros colocados garantem vaga na final e na Primeira Divisão de 2022. As finais serão disputadas em duas partidas. A Série B está prevista para começar no dia 29 de agosto.

Arbitral da Série B do Piauiense 2021

Assim como nas demais competições realizadas pela FFP, os clubes participantes do Campeonato Piauiense Série B de 2021 serão os responsáveis pelas testagens de seus atletas e membros de comissões técnicas, devendo apresentar os resultados dos exames à FFP em data e horário previamente estabelecido pela FFP. Em virtude da pandemia ocasionada pela COVID-19, as partidas deverão ocorrer de portões fechados, sem a presença de público, até que haja a liberação segura dos Estádios pelos órgãos responsáveis.

Arbitral da Série B do Piauiense 2021

A previsão é de que o regulamento completo da competição e a tabela sejam divulgados até o dia 12 deste mês. Durante o mês de julho, uma comissão da FFP irá realizar as vistorias nos estádios que irão receber os jogos do estadual.

quinta-feira, 13 de maio de 2021

Conheça a escolinha de futebol Ipiranga Futebol Clube de União, Piauí

Ser jogador de futebol é o sonho de boa parte dos garotos e na luta para realizar esse grande sonho as escolinhas de futebol desempenham um papel muito importante. Muitos craques foram ou são revelados em escolinhas de futebol, que revelam os jovens jogadores para os clubes de futebol profissionais.

Atletas da escolinha Ipiranga Futebol Clube

E em estados como o Piauí onde a prática do futebol profissional é muito difícil devido a falta de apoio da iniciativa privada e do poder público, as escolinhas de futebol são ainda mais importantes. Mas manter uma escolinha sem apoio público e privado é muito difícil. Uma dessas escolinhas é o Ipiranga Futebol Clube da cidade de União, no interior do Piauí. A escolinha fica localizada na zona rural do município e foi fundada em 2006 por José Francisco, que é quem treina os garotos e está em busca de revelar jogadores. Ele conta sobre as dificuldades de manter o projeto e como é difícil arranjar apoio: "...tô cansado de pegar não na cara", disse.

Escudo da escolinha de futebol Ipiranga Futebol Clube

A escolinha tem pouca estrutura e funciona em um campo emprestado da comunidade Divinópolis na zona rural de União. A escolinha precisa de bolas, materiais para treinos, além disso alguns garotos não tem chuteira e o treinador às vezes tem que comprar. Atualmente a escolinha atende 40 jovens atletas com idades entre 15 e 20 anos. O dono, José Francisco, também quer atuar com garotos do sub-13 a partir do próximo mês. E no final do ano ele também pretende atuar com futebol feminino e conta que meninas o procuram e já tem uma garota participando da escolinha, mas ela faz apenas preparo físico e não joga com os garotos.

Treino na escolinha Ipiranga Futebol Clube

Os atletas não pagam para fazer parte da escolinha, mas, além de não ter apoio público ou privado, há custos, por exemplo, quando a escolinha precisa fazer viagens para jogar em outras cidades, José Francisco diz que faz o que pode e tira do próprio bolso o dinheiro para custear as viagens, na última vez teve que arcar com um custo de R$ 900 reais para ir jogar em Caxias-MA. "Cada menino entra com o que pode e eu com o restante. Faço o que eu posso", diz. Ele conta que faz por amor e também para manter os jovens longe das drogas.

Treino na escolinha Ipiranga Futebol Clube

Como a escolinha é na zona rural e alguns atletas moram na cidade tem garotos que vão até mesmo de bicicleta para chegar ao local de treino.

Aquecimento da escolinha antes de jogo contra o River no Albertão

E apesar das dificuldades, José Francisco não perde a esperança em revelar talentos para o futebol piauiense: "Se Deus quiser vou conseguir revelar jogadores".

Jogadores da escolinha Ipiranga Futebol Clube de União, Piauí

Se você quiser ajudar a escolinha Ipiranga Futebol Clube pode entrar em contato com José Francisco pelo número 86 95471993, a página do Ipiranga no Instagram está nesse link.

domingo, 10 de janeiro de 2021

Altos goleia o Marcílio Dias e sobe para a Série C

O Altos goleou o Marcílio Dias, de Santa Catarina, por 5 a 1, no Felipão, e fez história ao conquistar o acesso inédito para a Série C. Betinho(dois gols), Juninho Arcanjo, Klenisson e Gean fizeram os gols do acesso. O Altos empatou o primeiro jogo em 1 a 1.

Altos e Marcílio Dias
Altos e Marcílio Dias

Com o acesso do Jacaré, o Piauí terá um time na Série C após 5 anos, desde o rebaixamento do River em 2016. O jacaré foi fundado em 2013 e conquistou o acesso com apenas 5 anos atuando no futebol profissional.

Altos e Marcílio Dias
Altos e Marcílio Dias
Altos e Marcílio Dias

Agora, o Altos enfrentará o Mirassol, de São Paulo, nas semifinais da Série D, o time paulista eliminou o Aparecidense, de Goiás, ao vencer os dois jogos, o segundo por 3 a 2.

Altos e Marcílio Dias
Altos e Marcílio Dias

Além de Altos e Mirassol, subiram para a Série C o Floresta, do Ceará, e o Novorizontino, de São Paulo.

Em 2021, o Altos disputará Série C, Copa do Nordeste e o Piauiense.

Altos e Marcílio Dias
Altos e Marcílio Dias
Altos e Marcílio Dias
Altos e Marcílio Dias
Altos e Marcílio Dias

O Jacaré dominou o jogo, mas foi no segundo tempo que o time fez 4 dos 5 gols da goleada do acesso.
Os torcedores apaixonados do Altos assistiram o jogo do acesso do muro e até se arriscaram em postes de energia, eles usaram escadas para conseguir ver o jogo.

Altos e Marcílio Dias
Altos e Marcílio Dias
Altos e Marcílio Dias
Altos e Marcílio Dias
Altos e Marcílio Dias
Altos e Marcílio Dias
Imagens do Globo Esporte / Piauí

sábado, 14 de março de 2020

Conheça o Piauí Esporte Clube

O Piauí Esporte Clube é um dos mais tradicionais times de futebol do Piauí. Sua sede fica localizada na cidade de Teresina.

O escudo do Piauí Esporte Clube


Fundação

O Piauí Esporte Clube foi fundado no dia 15 de agosto de 1948.

Mascote

O rato é o mascote do Piauí Esporte Clube

O mascote do Piauí é um rato se enxugando, o clube inclusive é conhecido como Enxuga Rato, apelido que surgiu quando o clube começou a conquistar os primeiros títulos e é uma referência a musica Enxuga o Rato, um forró que era um grande sucesso na época.

Cores

As cores do Piauí Esporte Clube são o vermelho, azul e branco.

Títulos

O Piauí conquistou cinco títulos piauienses, foi campeão nos anos de 1966, 1967, 1968, 1969 e 1985, também foi campeão da Segunda Divisão em 1957 e do Torneio Inicio em 1966, 1969, 1972, 1980 e 1987.

Estádio

O Estádio Lindolfo Monteiro, onde o Piauí manda seus jogos

O Piauí manda seus jogos no estádio Lindolfo Monteiro, que tem capacidade para 9.760 torcedores. Também joga no estádio Albertão, que tem capacidade para mais de 52 mil torcedores.

================///====================

Leia também:

Conheça o 4 de Julho, time da cidade de Piripiri

Conheça o Picos, time da cidade de Picos

sexta-feira, 14 de fevereiro de 2020

Conheça o Parnahyba, time da cidade de Parnaíba

O Parnahyba Sport Club é um dos principais e mais tradicionais times de futebol do Piauí. O "Tubarão do litoral" está sediado na cidade de Parnaíba, cidade com mais de 153 mil habitantes.

Escudo do Parnahyba

Fundação

O Parnahyba foi fundado em 1 de maio de 1913, é o clube de futebol mais antigo do Piauí.

Títulos

Parnahyba conquistou o bicampeonato piauiense em 2013, ano do seu centenário

O Parnahyba já foi 13 vezes campeão piauiense, foi campeão em 1916, 1919, 1924, 1925, 1927, 1929, 1930, 1940, 2004, 2005, 2006, 2012 e 2013. Mas se considerados apenas os campeonatos piauienses organizados pela Federação de Futebol do Piauí, que foi criada em 1941, o Parnahyba foi campeão apenas 5 vezes.

Mascote

Tubarão, mascote do Parnahyba / Imagem: Reprodução

O mascote do Parnahyba é o tubarão, inclusive, o time é conhecido como "tubarão do litoral".

Estádio

O estádio Pedro Alelaf(Verdinho), a casa do Parnahyba / Imagem: Reprodução

Durante muito tempo a casa do Parnahyba foi o estádio Petrônio Portela, mas atualmente o clube manda seus jogos no estádio Pedro Alelaf(Verdinho), que tem capacidade para 4.700 pessoas. O estádio Petrônio Portela hoje é usado como centro de treinamento do Parnahyba.

===============//=============

Leia também:

Estádios do Piauí: a Arena Ytacoatiara na cidade de Piripiri

Estádios do Piauí: O Estádio Helvídio Nunes na cidade de  Picos

Estádios do Piauí: Estádio Tibério Nunes na cidade de Floriano
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...